CARTA DEIXADA POR STEVE JOBS ANTES DE MORRER

0
589
Dr. João Soares Tavares
Steve Jobs

CARTA DEIXADA POR STEVE JOBS ANTES DE MORRER

Hoje, não trago ao Ecos de Barroso uma crónica ou um artigo sobre História. No momento em que uma tormenta mundial – o COVID 19 – teima em abater-se desesperadamente sobre as nossas cabeças, escolhi uma carta do bilionário Steve Jobs cujo significado substitui para melhor qualquer trabalho escrito de minha autoria.
Steve Jobs inventor e empresário de sucesso, mais referenciado por ser o presidente e director executivo da Apple Inc., morreu com um cancro no pâncreas, aos 56 anos. Nada lhe faltava… pensava o cidadão comum. Seguem-se as suas últimas palavras quando estava à beira da morte. O meu estimado leitor permaneça em casa e leia atentamente a missiva que aqui lhe deixo.

João Soares Tavares

«Cheguei ao auge do sucesso no mundo dos negócios. Nos olhos de outros, minha vida é uma abreviação, um resumo, do sucesso. No entanto, além do trabalho, tenho pouca alegria. No final, a riqueza é apenas um facto da vida ao qual estou acostumado. Neste momento, encontro-me deitado na cama dum hospital, doente, fragilizado, a recordar toda a minha vida. Percebo que todo o reconhecimento e riqueza que eu me orgulhei tanto, se descorou, diante da morte iminente. Podes contratar alguém para conduzir o teu carro, ganhar dinheiro para ti, mas não podes ter alguém para suportar a tuas dores. Objectos materiais perdidos, podes encontrar. Mas há uma coisa que nunca podes encontrar quando estiver perdida, é a “Vida”! Quando uma pessoa entra numa Sala de Cirurgia, vai perceber que há um livro que tens de terminar de ler: “O Livro da Vida Saudável”. Qualquer que seja o teu estado de vida, em que estejas agora, com o tempo, terás que enfrentar o dia, em que a cortina se fechará. Portanto, presenteia o AMOR pela tua família; AMOR pelo teu cônjuge; AMOR pelos teus amigos. Cuida bem de ti. Valoriza os outros; à medida que envelhecemos e, tornamo-nos mais sábios, ficamos a perceber, lentamente, que usar um relógio de 300 dólares ou um de 30, ambos marcarão a mesma hora; quer levemos uma carteira com 500 dólares ou 30, a quantidade de dinheiro dentro dela é a mesma; que sermos proprietários de um carro no valor de 150.000 dólares, ou um carro de 10.000, a estrada e a distância são as mesmas e chegamos ao mesmo destino; quer bebamos uma garrafa de vinho de 300 dólares ou uma de 10, a ressaca é a mesma; que se a casa em que vivemos, tem uma área de 300 ou 3000 Metros quadrados, a solidão é a mesma. Podes perceber, que a tua verdadeira felicidade interior não vem das coisas materiais deste mundo. Quer voes em primeira ou em classe económica, se o avião cair, tu cairás com ele. Portanto…espero que percebas, quando tens amigos (e velhos amigos), irmãos e irmãs, com quem possas conversar, rir, brincares, contar anedotas, ou pedacinhos das tuas aventuras, fala sobre a tua terra, ou do tempo (céu e terra) …Isso, sim! Isso, é a verdadeira felicidade! Repara: há cinco (5) factos inegáveis da vida:
1. -Não ensines os teus filhos a serem ricos. Educa-os para serem felizes. Assim, quando crescerem, saberão o valor das coisas e não o preço.
2. -Come a tua comida, bem como os teus medicamentos. Caso contrário, terás que comer os medicamentos como a tua comida.
3. Aquele que te ama, nunca te deixará por outro, porque mesmo que hajam 100 razões para desistir, ele ou ela, encontrará sempre uma razão para ficar.
4. Há uma grande diferença entre um ser humano e ser humano. Poucos realmente entendem isso.
5. Tu és amado, quando nasces. Serás amado quando morreres. No meio, é que terás de saber coordenar!

Seis melhores médicos do mundo:
1. Luz Solar
2. Descanso
3. Exercícios físicos (caminhadas, flexibilidade, beber muita água e respirar bem)
4. Dieta
5. Autoconfiança
6. Ama os teus Amigos (Mantenha-os em todas as fases da vida e desfrutarás de uma vida saudável).

Se quiseres andar rápido, anda sozinho. Mas se quiseres caminhar longe, anda junto! Como diz a 6ª Regra do Budismo:
“A pessoa mais rica, não é a que tem mais, mas a que precisa menos”! Ou seja, é aquela que sabe viver com o que tem.»

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here