As Sondagens em Período Eleitoral

0
473

A CARTELIZAÇÃO DAS SONDAGENS DE OPINIÃO

Como ficou provado as sondagens falharam estrondosamente. Deveria haver uma investigação ao que realmente aconteceu. Neste caso e com esta margem de erro tão grosseiro apetece dizer que as sondagens quiseram fazer opinião junto dos eleitores, ajudadas pelos meios de comunicação dominantes. Isto quer dizer que António Costa ultrapassou todos os que estavam contra ele. Até as sondagens. Mas deste episódio lastimável seja porque motivo for não trás nada de bom para a estatística portuguesa, que com intervalos desta amplitude qualquer empresa faz sondagens.  Este episódio permite-nos retirar algumas conclusões importantes do espetro político do País.  Podemos dizer que o povo Português esta mais culto e politizado e já não vai em golpadas, sabe muito bem o que quer e para onde pretende ir. Não se deixa influenciar e tem opinião que expressa nas urnas. Deu a todos uma grande lição de civismo votando maioritariamente no partindo que lhe garantia a estabilidade política, castigando muito bem aqueles que oportunamente se penduram a boleia de outros e depois de furam os pneus. Foi o que fez o BE e o PCP, ao Governo, quando a partir de dada altura já queriam aprovar o seu orçamento travestido o dos outros. Levaram na cabeça pois não mereciam outra receita.  Também achamos que a estabilidade política é um bem precioso e que quem governa deve ter condições para aplicar o seu programa que sufragou nas urnas.

Penso que ficou claro que este tipo de sondagens felizmente já não faz opinião e muito menos vantagem política, porque se assim fosse o PS não teria maioria absoluta.

Parabéns ao Dr. António Costa, por esta grande vitória eleitoral que com a sua experiência política nos irá levar a bom porto.

Manuel Afonso Machado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here