Falecimento de Amélia Dias Lopes – Natural de S. Bento de Sexta Freita, freguesia de Covêlo do Gerês, concelho de Montalegre

0
21
Amélia Dias Lopes
Amélia Dias Lopes, natural de S. Bento de Sexta Freita, freguesia de Covêlo do Gerês, concelho de Montalegre. Residente na rua 10 de junho, nº 4 – Braga
Nasceu a 25/07/1928
Faleceu 5/03/2019

Para a minha mãe

Nasceu pobre,  engrossando o grupo dos deserdados da vida. Mas recusou-se a aceitar o fatalismo dos que nascem isolados no Portugal medievo, lazarento, analfabeto e esquecido.

A sua vontade, força e determinação, impelem-na sempre para a luta. Cedo percebeu que é no amor e no afeto, no trabalho, no esforço, na inteligência e na instrução, que os deserdados das quintas e terras férteis, podem aspirar a uma vida melhor e com dignidade.

Assim, fazia questão de dizer que estudou três filhas só com o salário de um operário.

Mas o orgulho maior eram os seus três netos, que fazem jus ao valor que ela dava à educação e instrução, o Pedro, que se formou em medicina, a Catarina em direito, e a mais nova, a Maria, em engenharia biomédica a desenvolver projetos num país, que embora de primeiríssimo mundo, para ela tão distante quão a admiração que sentia por tamanhas aventuras.

Que a Senhora Virgem e Mãe de todos os sofrimentos e perdas e a quem tanto veneravas e rezavas, te franqueie as portas do Paraíso e possas finalmente encontrar o descanso e a paz merecidos de uma vida de dificuldades e tão cheia.

Obrigada mãe por tudo que nos deste e ensinaste com o teu amor e o teu exemplo.

Laura Gonçalves

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here