Uma breve história da Paróquia da Venda Nova

0
49

Uma breve história da Paróquia da Venda Nova

Igreja da Paróquia da Venda Nova

 

Lugares da Freguesia: Codeçoso, Padrões, Venda Nova, Sangunhedo. Os lugares de Ormeche, Paio Afonso, Pondras e São Fins, apesar de pertencerem à UF de Venda Nova e Pondras em termos de assistência religiosa fazem parte da Paróquia de Salto

Não há referencia à Paróquia da Venda Nova nas inquirições de 1258, porque o lugar da Venda Nova ainda não exista. O lugar de Pondras já existia e fez parte da paróquia da Venda Nova, no tempo do Padre Caridade, que lá morou na residência paroquial lá existente. Mudou mais tarde para a residência paroquial da Venda Nova. Possuímos um documento datado de 1628, da tomada de posse do Padre Francisco de Miranda da Abadia de Santa Marinha de Barroso e das suas Igrejas anexas, onde é referida a Igreja da Paroquia de São Simão de Codeçoso do Arco, que é a primeira designação da atual Paróquia da Venda Nova. Em 1758 também consta das memórias paroquiais, como igreja anexa da Abadia de Santa Marinha de Ferral com a designação de São Simão de Codeçoso da Venda Nova (ponto 8 das memórias paroquiais de Santa Marinha de 1758). Atualmente o orago é São Pedro e o Pároco é o Padre Carlos Rubens.

Com a construção da Barragem da Venda Nova, nos anos 50, o lugar da Venda Nova ia ficar submerso pelas aguas da barragem, e foi necessário construir uma nova igreja no cimo do atual lugar da Venda Nova, onde ainda hoje permanece, bem como a respetiva residência paroquial.

A antiga igreja da Venda Nova acabou por ser afogada, como toda a povoação e o cemitério pelas águas da barragem da Venda Nova que foi inaugurada em 10 de Junho de 1951.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here