Padres portugueses ganham quatro títulos consecutivos, de um total de cinco, a Seleção Portuguesa de padres é uma equipa forte no campeonato europeu de futsal

0
128
Padres portugueses ganham quatro títulos consecutivos, de um total de cinco, a Seleção Portuguesa de padres é uma equipa forte no campeonato europeu de futsal.

Esta seleção apresentou-se no Pavilhão de Montalegre para revalidar título europeu de futsal na Clerigus Cup.

A poucos dias do início de mais um Campeonato da Europa, a seleção portuguesa de futsal do clero – campeã em título e pentacampeã europeia — esteve em Montalegre onde realizou o seu jogo de apresentação. A seleção das quinas integra o grupo da Hungria, Itália, República Checa e Cazaquistão. A seleção está a treinar desde setembro com jogadores de várias dioceses. Inicialmente foram pré-convocados 20 jogadores. Neste momento, já foram convocados para o europeu 14 padres portugueses, sendo um deles, o barrosão Padre Carlos Rubens. Da diocese de Vila Real, para além do barrosão, há mais três sacerdotes: Ivo Coelho, Marco Amaro e André Meireles.

A seleção portuguesa de padres é uma equipa forte no campeonato europeu de futsal, mas garante estar preparada para trabalhar pela conquista de mais um troféu. A prova, denominada como Clerigus Cup, realiza-se entre 17 e 21 de fevereiro na República Checa e junta já um conjunto de 19 seleções. No grupo de Portugal estão, além da seleção anfitriã, a Hungria, Itália e Cazaquistão.
Os padres portugueses dominaram as quatro últimas edições e, por isso, são agora o alvo a abater para as outras seleções, numa competição que tem aumentado de nível de ano para ano, com Portugal a destacar-se.
“Nas primeiras participações chegávamos ao quarto lugar e ficávamos por ali. Em 2012 ganhámos e, ultimamente, temos ganho. Naturalmente tornámo-nos para as outras equipas um alvo a abater. As outras seleções olham para nós não com rivalidade, mas percebem que já não somos tão simpáticos”, contou à agência Lusa o capitão de equipa, Marco Gil.
Integrando a seleção desde a sua formação, o pároco da diocese de Braga garante que a equipa se preparou com o “espírito para revalidar o título novamente”.
O segredo para o sucesso nos últimos anos passou pela vontade em “querer mais” após as participações sem resultados e em ter treinadores de futsal junto da equipa, primeiro com José Vasconcelos e atualmente com Ricardo Costa.
Naturalmente há uma mensagem que é passada, referiu, explicando que o objetivo é que entendam que “fora da sua vocação [o sacerdote], não deixa de ser homem”. Estamos todos com a seleção Portuguesa da qual faz parte o nosso Pároco (Covelo do Gerês, Ferral, Cabril e Venda Nova) – Carlos Rubens, para apoiar a Seleção  e nos brindar com mais uma vitória. É o que desejamos, apesar de sabermos que as dificuldades são enormes. Temos Fé.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here